Artigos, Youtube

3 consequências de parar de pagar dívidas!

Sending
User Review
5 (1 vote)

Várias pessoas me perguntam o que vai acontecer com elas se elas pararem de pagar suas dívidas. As consequências de parar de pagar dívidas.

Dívidas que elas não tem mais condição de pagar, mas continuam pagando apenas por medo. Então resolvi escrever este artigo e fazer uma Live para tratar desse assunto.

Assista a essa Live aqui abaixo ou leia o restante do artigo.

O que causa o medo?

A falta de conhecimento a respeito de algo. Por desconhecer as reais consequências de algo, você sente medo. E esse medo pode ser bastante prejudicial para a sua vida, principalmente a financeira. Se você sabe o que vai acontecer, acredita nisso, o medo acaba.

Por que é importante acabar com o medo?

Porque o medo nos faz tomar decisões precipitadas, ruins para a nossa vida. E quando estamos endividados, os credores usam o nosso medo para nos manipular. Para nos forçar a tomar atitudes que nos prejudicam e geram mais lucro para eles.

Como é o caso da negociação de dívidas. Que faz com que a dívida se multiplique instantaneamente. Ou pegar um empréstimo para cobrir outro, multiplicando novamente a dívida de imediato.

Então, eu acredito que falando sobre isso você poderá se libertar do medo. Pois você terá mais clareza das reais consequências de parar de pagar as suas dívidas. E o seu medo vai diminuir ou até acabar.

Isso vai te ajudar a tomar melhores decisões. E vai te ajudar a não ser mais manipulado ou manipulada pelos seus credores a fazer coisas que geram lucros para eles e prejuízos para você.

3 consequências de parar de pagar dívidas!

Quando suspendemos o crédito 3 coisas principais acontecem:

1- Suspensão de crédito e aumento gradativo da dívida

O crédito que suspendemos o pagamento é suspenso e a dívida começa a aumentar gradativamente. E ao meu ver isso só tem lado bom e ou explicar o porquê dessa minha afirmação.

Com menos acesso a crédito você vai ter menos oportunidade de formar dívidas maiores. Dívidas que vão piorar sucessivamente o seu estado geral.

Sem acesso a crédito você vai recondicionar os seus comportamento para usar melhor o dinheiro. E é isso que, em última instância possibilita que você se liberte das suas dívidas.

Os riscos dessa situação

O problema dessa situação é quando você perde um crédito e começa a defender todos os outros créditos que você tem.

Isso faz você ir formando dívidas cada vez maiores de todos os lados. Enquanto você resiste à ideia de fazer o que você precisa fazer nesse momento.

Eu já te explico mais à frente o que seria isso…

2- Começam as cobranças

Os credores começam a te cobrar e negativam o seu nome no sistema de proteção ao crédito. As cobranças começam, primeiro suaves, depois enfáticas e por último abusivas.

Cobranças de dívidas são jogos emocionais. O atendente é treinado para mexer com nosso emocional. A nos fazer sentir como marginais, como pessoas desonestas, etc.. Tudo isso para a gente cometer alguma loucura para voltar a pagar o que a gente deve e não tem mais condição de pagar.

Se você cair nessa armadilha, vai perpetuar o seu estado de endividamento. Porque qualquer coisa que você faça nesse estado será pior do que deixar como está. Vai multiplicar a sua dívida e perpetuar o seu problema.

3- A Oportunidade de Descontos nas Dívidas

Esse é o momento em que você começa a ter oportunidade de se libertar desse problema. Porque com descontos de até 95% para pagamento das dívidas, fica muito mais fácil para você conseguir se libertar delas. Mas existem alguns perigos escondidos nessa situação.

Pagamento parcelado

Se você aceita um acordo para pagamento parcelado, você faz uma confissão de dívida no valor total alegado. E se não conseguir cumprir com o pagamento de 1 parcela, a sua dívida se multiplicou novamente. E o prazo para você ter o seu nome retirado dos sistemas de proteção ao crédito, começa a conta novamente.

O prazo para você ter o seu nome retirado dos sistemas de proteção ao crédito é de 5 (cinco) anos. Mas se você aceita um acordo, a sua dívida é retirada do sistema. E ao voltar a ficar inadimplente, esse prazo volta a contar do zero.

Com isso você pode perpetuar um ciclo constante de endividamento crescente. Alterando períodos em que o seu nome está sujo, com períodos de nome limpo.

O seu crédito é restaurado

O seu crédito é restaurado e o seu nome é limpo. Isso possibilita que você use mais crédito e agrave mais rapidamente a sua situação. Afinal, se você não teve como pagar as dívidas até aqui, como pagá-las após elas aumentarem?

Por tudo isso e mais algumas coisas eu recomendo não aceitar o acordo parcelado!

Como pagar a dívida com desconto sem parcelar?

Pagando à vista! Para pagar à vista você vai precisar ter dinheiro. E é justamente para mostrar como você pode fazer isso que eu criei uma solução.

Com elas você pode obter descontos de até 95% em dívidas. E conseguir o dinheiro para pagar essas dívidas à vista, sem fazer novas dívidas.

A solução que eu criei chama-se Metodologia da Mentalidade Credora.

Como você pode aprender essa metodologia?

De duas formas:

  1. Através do meu eBook Mentalidade Credora. Que está disponível para venda neste momento. Para saber mais informações sobre esse eBook, você pode clicar neste link e se inscrever.
  2. Através do meu curso online, o Programa Mentalidade Credora. Eu só abro vagas algumas poucas vezes no ano. Ao se inscrever para obter informações sobre o eBook, você vai ter a oportunidade de receber informações sobre a próxima turma do curso por e-mail, quando eu for abrir a próxima turma. No curso eu falo mais profundamente sobre todos os aspectos que você precisa saber e fazer, para conseguir se libertar das dívidas definitivamente.

Por que eu cobro para ensinar isso?

Por dois principais motivos:

  1. Sempre que eu ensinei de graça, ninguém aplicou e portanto não tiveram resultado. Vou ser bem franco contigo. Se libertar das dívidas exige mudança, transformação. A mudança é desafiadora e exige comprometimento. A única maneira que eu tenho para gerar comprometimento em você é cobrando para te ensinar a metodologia. Porque quando você paga por algo, desperta na sua mente o gatilho da necessidade de usar aquilo. De não jogar o seu dinheiro fora.
  2. Eu preciso de recursos para manter esse projeto educacional vivo e crescendo. Não haveria formas deu manter esse projeto vivo e crescendo sem dinheiro.

Tudo na vida custa dinheiro, seja energia elétrica, equipamentos, anúncios de divulgação dos conteúdos na internet. Nada que fazemos é de graça. E precisamos aprender a lidar com isso. Com a necessidade de cobrarmos para ajudar as pessoas. Porque quando cobramos para ajudar, temos recursos para ajudar ainda mais. Recursos para ajudar com qualidade, sem sacrifícios que não nos serve de nada.

Portanto eu cobro para não somente ajudar a você. Mas para manter esse projeto vivo, ajudando cada vez mais pessoas. O que eu não poderia fazer se tivesse que sustentar esse projeto totalmente do meu bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por Baqui & Byte