Youtube

O que nos mantém presos às dívidas? Padrões inconscientes!

Sending
User Review
5 (1 vote)

É isso que causa os seus problemas com dívidas!


>> Clique Aqui para obter Descontos de até 92% para pagamento das Suas Dívidas <<

Transcrição

Para quem está ouvindo, aquilo que a gente fala parece desculpa.
Parece que a gente não quer resolver o problema.
Que a gente não tem compromisso com a nossa vida financeira.
Mas para a gente que está vivendo a realidade, a gente não percebe.
A gente realmente acredita que aquilo que a gente está falando, são as causas do nosso endividamento.
Que são os motivos pelos quais a gente acaba metendo os pés pelas mãos, com o dinheiro.
Então eu queria trazer algumas dessas ideias aqui, porque eu ouço reiteradamente essas ideias.
Dia após dia, as pessoas perpetuando essas ideias.
E sem a noção que essas ideias estão causando o problema financeiro que eles enfrentam no dia a dia.
Então, é mais ou menos assim:
Só para te fazer um resumo do que eu vou falar aqui hoje.
Você gasta mais do que ganha, por conta de algumas questões que eu vou falar.
E aí, na hora que você é questionado ou questionada, em relação a esse comportamento.
Você fala determinadas coisas que são padrões.
São padrões de pensamento e padrões de comportamento, das pessoas que formam dívidas.
E, aparentemente, a gente fala essas coisas, por que?
Porque a gente sofreu a influência do fator externo.
Aquela emergência que fez a gente gastar demais.
Aquele aumento que não saiu, enfim…
Aquelas situações externas que aconteceram, que nos colocaram naquela situação de endividamento.
E aí a gente usa esses padrões de fala, esses padrões de pensamento e de linguagem.
Como a gente chama na programação neuro linguística, são padrões de linguagem.
Para justificar as nossas ações.
Quando na verdade, a gente nem sabe porque age da forma que a gente age.
Porque 95% das nossas decisões e ações, são tomadas de maneira inconsciente.
Pelo nosso sistema límbico.
E a gente usa a palavra, as ideias, apenas para justificar…
“Ah! que bom Silvana, você veio.”
“Eu não consegui ir lá na outra Live para chamar vocês, mas que bom que você está aqui.”
“Obrigado pela companhia de sempre.”
Então o que eu estava falando?
A gente toma decisões de forma emocional e usa a linguagem, o raciocínio lógico.
Apenas para justificar essas decisões, e o pior é o seguinte:
A gente acredita que está tomando decisões racionais e lógicas a respeito de dinheiro.
Quando na verdade a gente só está seguindo padrões de comportamento previamente estabelecidos na nossa vida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por Grandes Conquistas